Laís Albergaria atua também com projetos sociais, cumprindo seu papel na sociedade e em comunidades carentes. São eles:

1) Amide x Servas (Creches) (Governador Valadares-MG e São João Del Rey-MG)
2) Projeto da Igreja Batista Vale da Benção  (Formiga-MG)
3) Decoração da Comunidade Cristã da Zona Sul do Belvedere e de Lourdes (Belo Horizonte-MG)
4) Projeto Arte que Salva (Belo Horizonte-MG)

 

Alguns detalhes sobre o Projeto Amide x Servas:

Em maio de 2006, a Amide e o SERVAS assinaram um acordo de cooperação, com o intuito de promover um trabalho voluntário de decoração, ambientação e paisagismo nos Centros Solidários de Educação Infantil que estão sendo construídos em várias cidades de Minas Gerais. O primeiro deles foi inaugurado no dia 24 de junho, em São João Del-Rei, com capacidade para atender 200 crianças.

O Centro Solidário, que vai atender crianças de zero a 6 anos, foi projetado de acordo com as diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e da legislação vigente, com ambientes como berçário, sala de leitura, brinquedoteca, salas de atividades divididas por faixa etária, refeitório e parque recreativo.

A partir do projeto arquitetônico de Eduardo Guerra, executado voluntariamente pela empresa Dávila Arquitetura, de Belo Horizonte e de fotos do local, as decoradoras Sheila Mundim e Laís Albergaria reuniram as informações necessárias ao desenvolvimento do layout, de forma a abrigar as 200 crianças num espaço alegre e funcional, considerando que a decoração de interiores pode e deve ser vista, nos dias de hoje, como um elemento agregador de qualidade de vida. Durante a execução das obras em São João Del-Rei, foi realizada uma visita ao local, quando foram promovidos alguns ajustes, especialmente no fraldário e no lactário. Outras três unidades serão inauguradas brevemente, em Jequitinhonha, Felixlândia e Pedro Leopoldo. Já estão em início de construção outros quatro Centros Solidários, nas cidades de Bocaiúva, Campos Gerais, Carangola e Salinas. Todos contando com a parceria entre o SERVAS e a Amide, visando o desenvolvimento social e humano no Estado de Minas Gerais.

“Solidariedade é participação. Pensamos que os inesgotáveis problemas sociais que se apresentam no Brasil de hoje só serão superados, ou pelo menos amenizados, com a participação de toda a sociedade. Cada pessoa, cada grupo, cada classe social é responsável por este desafio. Dentro das nossas possibilidades, como entidade de classe, estamos participando deste processo, e nos sentimos muito orgulhosas do nosso trabalho”, afirmam as decoradoras Sheila Mundim e Laís Albergaria. Cientes da importância de iniciativas como esta da Amide, elas se dispuseram a participar do projeto de decoração, com o objetivo de proporcionar às crianças amparadas por estes Centros Sociais mais conforto e segurança. “O estabelecimento de parcerias como esta é, sem dúvida, promissor para o desenvolvimento de nossa sociedade”, completam.